Falando sobre História da Brimo Assaf

 

 

     Um cara engravatado entra no lojinha do Assaf (brimo de  Mamede), na Rua 25 de Março, e olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas penduradas em ganchos e o chão  de tacos de madeira sem polimento.

 
O Assaf se irrita com o desprezo do sujeito, e resmunga:
 
– Está olhando feio bra lojinha de Assaf burque? Com este lojinha, Assaf tem abartamento no Guarujá, tem casa na Praia de Maresia, casa na Campos da Jordão, tem casa no Riviera da Zão Lourenzo, tem abartamento no Beirute, tem filho estuda medicina na Estados Unidos, tem filha estuda moda na Baris, tudo só com lojinha!
 
O sujeito retruca:
 
– O senhor sabe quem eu sou? Eu sou fiscal do Imposto de Renda!
 
– Muito brazer! Eu Assaf, maior filho do buta mentiroso do rua 25 de Março!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s